domingo, 29 de julho de 2012

Eu a vi nas fotos, instante que alguém roubou do tempo,
Eu a vi tão linda como nunca, tão linda como sempre,
Pintura do passado, colorida com tintas do presente,
Falando à alma esquecida, lembrando a todo momento.